domingo, 15 de junho de 2014

Outro Ciclo...outra fase!

De repente você se vê entrando em um outro ciclo, fechando fases que pareciam que não acabavam mais...
Junho CHEGOU com toda a força!
Com ele vem os santos juninos...Santo Antonio, São João e São Pedro.
Viva Ogun, que me trouxe o inesperado e desafiante desejo de começar algo novo!
Para registrar trago um texto que fui trabalhando durante o mês que passou...

                  Mudança de Ciclo

Um ciclo se encerra em meio a aprendizagens
Nesse tempo tive que superar o medo e a dificuldade.
O tempo passou, a estação mudou
E digeri toda as etapas emocionais.
De fato estive correndo no tempo
Olhando, observando, imaginando e sentindo.
Momentos que  me perdi da minha energia
E sonhei com um amor imaginário.
Estive completamente perdida
Em uma ilusão criada pela fantasia de palavras
Que estavam longe de ser uma atitude apropriada.
Fui fiel ao meu sentimento
Me apeguei a histeria e à melancolia
E tudo isso me causou muito ressentimento.
Na verdade ganhei muito com este aprendizado!
Paro, olho, respiro e medito...
Concluo que nesta armadilha não cairei mais
E se cair, não será com a mesma intensidade.
É que finalmente vivenciei este ciclo vicioso
Das paixões descabidas
Que nos tiram de nós mesmos
E nos prejudicam tanto. 

Queria porque queria ser amada,
Valorizada e principalmente reconhecida.


Vi o quanto estive apegada à infelicidade
Deixando passar momentos preciosos em minha vida.
Minha opção sempre fora o caminho do autoconhecimento

E sempre corri atrás de sentimentos reais...
Não encontrei...


Constato que nem todos estão aptos em ser verdadeiros
E me predispus a ser honesta para comigo mesma.
Não me engano, me entrego, me silencio e me afasto...
E definitivamente: SOU MAIS FELIZ ASSIM.

 
Mesmo que a minha felicidade 


Pareça uma infelicidade diante dos seus olhos.
É que finalmente estou diante da tão sonhada:
PAZ INTERIOR.
A solitude e a amorosidade estão enraizadas no meu coração
E por alguns minutos sinto o equilíbrio entre:
O cérebro, o coração e o instinto.
Estou completa e extasiada pelo amor que sinto por mim.


Assim chego com um novo gás
Queimarei nas fogueiras o que já se perdeu no tempo
E estarei mais atenta aos novos ventos que chegam com toda a sua força!
AXÉ!

Um poeta e sua mãe

Maio ficou para traz mas não poderia deixar de registrar o presente mais sublime que recebi do meu poeta amado,  meu filho mais novo!  El...